terça-feira, outubro 25

arroz de frango

Partilhar

Não sei cozinhar. Não tenho a menor noção do que é cozinhar. Duas ou três pessoas dirão que estarei a exagerar mas ao assistir a tantos e variados programas televisivos sobre culinária, chego à conclusão que não sei mesmo cozinhar. Pronto, sei sujar uns tachos, vá lá, e apesar disso consigo me virar sem passar fome.

De uns tempos para cá, criou-se a ideia de que a cozinha dita de gourmet é a cozinha com maior requinte. Pois se é verdade, para mim está para nascer quem melhor cozinha do que a minha mãe. É claro que adoro frequentar bons restaurantes e até conheço razoavelmente o mundo do vinho, mas gosto de ver a comida no tacho, em cima da mesa a largar vapor e o cheirinho de boa comida portuguesa. O olhos também comem, eu sei, mas é pelo nariz que primeiro apetece e a água cresce na boca.

A verdade é que o mundo da gastronomia é fascinante mas um tanto distante de alguns mortais. Há pouco tempo ninguém tinha coragem de dizer que era cozinheiro. Hoje, são todos chefs. Gostaria que alguém me explicasse quem são os chefes dos chefs. Ou será que todos os chefs também são chefes? Ok chef!

Só para se ter uma ideia do meu talento culinário, nos meus tempos de solteiro eu aprendi uns truques e até sabia fazer uma boa omolete. Afinal quem não sabe mexer uns ovos! Mas a minha total falta de noção culinária não me impediu de criar pratos originais, outros baseados apenas na minha observação dos cozinhados da minha mãe ou seguindo um livro de receitas. Será que já posso me considerar um Master Chef? Acho que não, mas pelo que vejo o meu filho acha que sim! É que o Rafa não resiste a um bom arroz de frango à moda do pai paulofski!

12 comentários:

Rui da Bica disse...

A verdade é que ser-se "chef" neste país é um tiro no escuro. A cozinha dos Chefs não é valorizado pelo povo português que aprecia muito mais os pratos regionais.
Chefes que tenham chefs nos seus restaurantes e que optem por este tipo de "cozinha" estão condenados à falência em pouco tempo.
O chef sobrevive não com os ganhos no restaurante, mas antes pelos programas na TV, artigos nas revistas, cursos de cozinha, livros que escreve, etc., etc..
.

Laura disse...

E pronto, tás Chefe... se o rapaz aprovou, tá feito, barrete nessa cabeça e toca a cozinhar...

O meu irmão em moço, adorava o meu arroz, hoje são os filhos e vamos tendo algo que lhes deixar, aromas e sabores que não vão mais esquecer.


Um abraço.

laura

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Não sendo também grande cozinheiro, lá tive que começara desenrascar-me bem jovem, caso contrário não manducava, porque ir todos os dias comer à cantina, ou ao restaurante, faz mal à bolsa e ao estômago.
Fui criando algumas especialidades, mas para essa da cozinha gourmet ou "nouvelle cuisine" nunca dei. Sou adepto da cozinha à antiga portuguesas. Nunca serei um chef. Que pena!!!

Nanda disse...

Mas que modesto PAULO.
CLARO QUE ÉS UM CHEFE,mas dos que sabem cozinhar.
Ainda bem que o Rafael gosta do teu arroz de frango.
Fico feliz, por te ter ensinado e tu seguires o meu exemplo.
Um beijo grande para Ti,Carla e Rafael.

paulofski disse...

Hmmmm... Eu vi logo que era um comentário caseiro. Beijinho mãe.

Nanny disse...

A comida mais gourmet é aquela que nos sabe bem... seja ela qual for!

Para mim niguém faz almondegas como a minha mãe, nem assa borrego tão bem, nem faz um cozido melhor, ou uma mão de vaca com feijão branco... só me lembro de coisas levezinhas, será do tempo estar a arrefecer? LOL

Beijoca

Patti disse...

Pois eu adoro cozinhar!
E estava à espera, no final deste post, da famosa receita. Então?

Teté disse...

Sem receita, tão acredito que sejas um chef! Cadê ela? Ou basta dizer que o meu arroz de frango é muito bom e o meu filhote gosta? Mau, mau... :)))

Kok disse...

Ser chefe ou não ser chefe, é uma questão?
Uma refeição bem preparada, temperada e regada com uma boa companhia e uma excelente conversa, é o que mais importa.
No final um cafézinho e um digestivo e é o paraíso!
Enfim, não exageremos...

1 abraço pah! e continua acreditando no Rafa...

$-então tu escrevendo sobre arroz de frango e omeletes e vem a Nanny desinquietar o pessoal com equeles "assuntos"?
quase tive uma congestão...

redonda disse...

Para mim, quem consegue fazer uma omelete é um chefe!

Tó (mano) disse...

Paulofki "mAster Cheff"....tu até dás uns toques na culinária, mas podias por uma corzita no arroz, nã0????

Só gostava de ter a receita do célebre arroz da madrinha, esse sim um pitéu que ainda não conheci ninguém que consegui-se replicar aquele sabor.
Abraço Mano

paulofski disse...

Olha quem fala, o cozinheiro que colava arroz ao tecto! Sei que já sai melhorzito, que remédio...

Abraço Mano