terça-feira, outubro 26

boas ideias

Partilhar

Nos meus percursos pedonais é raro o dia em que não sou presenteado com papéis. Ele são jornais, panfletos publicitários, e outros de literatura duvidosa, comunicados sindicais, propaganda política e pequenos textos com histórias pessoais de miséria apelando à bondade alheia. Não falta por aí gente que me queira oferecer entretenimento para os olhos. Posicionam-se normalmente em locais estratégicos e de grande circulação e chega a ser caricato ver os atropelos e cotoveladas que dão uns aos outros por causa de um simples calendário. Sigo sempre à minha vida mas quando me oferecem eu tenho este pequeno defeito de aceitar quase tudo. Ontem tive de “descer” à Baixa e no regresso a casa fui apanhar o metro à Trindade. Logo à entrada da estação uma simpática e gira miúda me estende estes dois pequenos livros. São uma oferta da Porto Editora. Ah sim! Muito obrigada. Achei uma boa ideia. Estes livrinhos são apenas dois exemplares resumidos de obras literárias e incentivam à leitura durante a viagem, mas num veículo a abarrotar de gente e de telemóvel na orelha pouca atenção lhes pude dar. Outra boa ideia que entretanto recordei a propósito foi a que no ano passado a Câmara Municipal da Póvoa de Varzim e a Metro do Porto propuseram num projecto de incentivo e sensibilização à leitura em viagem. A campanha “Viagens Literárias no Metro” colocou livros à disposição dos utentes da Linha Vermelha (B), e tinha o dom de encurtar uma viagem de 50 minutos a cinco, porque "ao disponibilizar livros a bordo da linha que liga a Póvoa ao Porto, os utentes poderiam realizar mais viagens dentro de uma viagem através da leitura", diziam. Outra boa ideia teve Rui Azeredo, autor do blogue Porta-Livros, que recentemente descobri e que aproveito para vos oferecer. Tenham a bondade de aceitar, é só clicar: http://portalivros.wordpress.com/


5 comentários:

Teté disse...

Bom, há sempre boas ideias para pôr as pessoas a ler.

Quanto a esse portal de livros agradeço o endereço, que é blogue para gostar de espreitar, mas lá no FB, passo, que já tenho para lá várias editoras com respectiva publicidade aos seus livros e isso é quase praga... (publicam a mesma notícia várias vezes ao dia, para terem a certeza que todos a lêem):)

Xanda disse...

Vá lá estás com sorte, gostei da iniciativa, é sempre um incentivo à leitura. Embora algumas pessoas devem ter fugido da miúda gira, faço ideia eh eh eh.
Bjnhs

redonda disse...

Também quero uns livrinhos assim!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Eu também gostava que o Metro de Lisboa tivesse essa ideia.
Obrigado pela dica do link. Fui ver e gostei

Dono das galinhas disse...

"Já lá fui". Gostei!
Quanto à oferte de papelada, estou numa segunda fase.
Antes aceitava e lia tudo. Agora já não tenho pachorra; aceito mas "liberto" a coisa no primeiro cesto que encontro.

1 abraço!