quinta-feira, dezembro 3

no confessionário

Partilhar

A rotina de escrever para o blogue coloca uma série de dúvidas e traz-me incertezas. Uma delas tem sido a escolha do tema. Ontem à noite, enquanto jantava, pensava no assunto, o que poderia escrever, e surgiu-me a ideia de falar sobre um tema ao qual muitos de vocês já devem ter pensado, ou não! A percepção cada vez mais consciente que a rotina de escrever para o blogue faz sobre as nossas vidas! A mim tem me feito bem, tem revelado as minhas emoções e sentimentos, o que é muito importante para o meu crescimento pessoal e busca constante de conhecimento, mas não fico a matutar muito sobre isso. Raras são as vezes que mal acabo de postar um texto já tenha imaginado o seguinte. É que passam muitas outras coisas pela minha cabeça e é sobre ela que escrevo agora! Algures sei que a perdi, mas onde!?

11 comentários:

Nanny disse...

LOL

Comeste muito queijo e entretanto esqueceste-te...?

Mas não percas a cabeça, que não vale a pena!

Beijoca da gata

Gi disse...

Tens uma cabeça bem achatada.
Pois eu ando numa fase que ando cansada do meu blogue e de comentar ... estou numa de recessão blogsférica. :)

Ka disse...

lá, ó faxabôre...

A rotina de escrever nem sempre existe, pelo menos no meu caso. Até porque apenas escrevo quando estou para aí viradaa. Assuntos nunca me faltam e há um montão deles que nunca chegam a posts. Mas nem sempre tenho pachorra ou vontade e como não faço fretes (sei que também não os fazes) nem sempre o blog tem posts.

Já a rotina de ler alguns blogs (o teu incluído) essa existe e está absolutamente assumida com imenso prazer :)

Beijos

Si disse...

Faz sim, faz parte da nossa rotina, e também sinto que faz bem. Nem que seja para peder a cabeça, por momentos, no mundo das letras de alguém... como, por exemplo, aqui...

Vera disse...

Faz-nos bem? Claro que sim!
A mim também me acontece interrogar-me sobre o que escrever uma vez que não tenho muito jeito para fantasiar e inventar personagens...
O meu blogue tem sido um escape!
Os dos outros são um prazer!
O teu é um deles ;)

Inês Brito disse...

Ultimamente não tenho muito tempo para blogues, no entanto, é o meu escape quando estou um bocado mais em baixo, quer por questões pessoais, quer por questões relacionadas com a faculdade.

Bj,
(i)

Lua disse...

lol

O gato comeu-a!! lol

Bjinhos =)

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

O blog faz bem, mas também tenho alturas em que acabo por sentir algum cansaço. Quando deixar de ser prazer, o mehor é para por algum tempo. Já estive quase e, povavelmente, muito em breve vou mesmo fazer uma pausa para refrescar ideias.

Teté disse...

Às vezes acontece-me o contrário: não sei que tema abordar entre vários e aí o excesso de informação baralha-me os neurónios... ;)

Mas também existem muitas coisas que nunca chegam a post! E claro, há sempre dias mais desinspirados.

Beijocas!

Grafonola disse...

:D é verdade, embora não o encare como uma rotina :D

No meu caso, a blogosfera é um mundo de possibilidades e informação. Com ela tenho tido acesso a informação, ideias, pessoas, sentimentos, ajuda, etc, etc, etc que provavelmente não teria de outro modo. Com ela, desbloqueei a escrita e deixei de ter medo das palavras. Com ela, aprendi a sustentar os meus pontos de vista e a não ter medo de ter uma opinião. Com ela, aprendi a argumentar, a questionar. Aprendo, com ela, de tudo um pouco, e torno-me uma pessoa melhor (às vezes pior, qd me envolvo em porrada virtual com anónimos incomodativos ahahah).


Viva a blogosfera e os bloggers! Viva os amigos! Virtuais e não só!

PB disse...

Lololol Isso também me acontece.