quarta-feira, abril 6

amêndoa amarga

Partilhar

Com o coelhinho da Páscoa mesmo aí a bater à porta, estamos a chegar ao período de férias, as escolares e as de ócio, mas nunca, como este ano, se falou numa Páscoa tão mirrada. Só não apertará o cinto quem usar suspensórios. Ninguém julgue que estou a pensar nos ex-governantes, mas todos sabemos que há por aí muita(o) ge(re)nte que não sabe o que é isso de procurar o furo... Se não, basta ler esta notícia e essas revistas pintadas de cor de rosa para se saber que o Algarve só não está a ver os euros cunhados a selos reais de D. Afonso Henriques, que não tem crédito na banca, já que os outros, os do “card gold”, esses continuam a saborear os climas tépidos das Caraíbas e a sugar os goles de um líquido escocês de malte com mais de vinte anos... Crise é para a dona Justina que tem de levar os netinhos para a praia do Areinho, tendo fé em que nenhum dos putos tenha direito a brinde que ande a boiar no chape-chape das águas fluviais. Crise é, também, para aqueles que junto das caixas do Continente encostam nas prateleiras, retirando do carrinho as amêndoas e ovos de chocolate que gostariam de levar para casa, mas que o porta-moedas não deixa... porque a crise não vai de férias!

(ciclar nas letrinhas azuis para ler as notícias, ó faxabôre)

6 comentários:

Teté disse...

A não ser que o dito gerente seja um benemérito e anda aí a financiar viagens a todos os familiares, amigos e aos vizinhos todos lá da rua dele, anda por aí muita gente a lamentar-se de barriga cheia...

Sim, porque no concurso do Malato os 100 mil euros de prémio são ficção e os 500 euritos da praxe não dão para tanto... ;)

Kok disse...

Resumindo: a questão da "face oculta" terá sido assim uma espécie de Euromilhões à Portuguesa?
Porque não acredito que estejam nas listas do desemprego; ou estão??
Quem ficou pior foi o (engº?) Armando Vara que só recebeu 582 mil €uros do BCP.
Não há direito!!!
Se estou a ser injusto neste comentário não é culpa minha; é da oposiçon!

Akele abraço pah!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

A crise bate sempre à porta dos mesmos e há sempre quem tire benefícios dela como...o coelhinho da Páscoa

Patti disse...

Estas notícias na Páscoa, Carnaval, Natal, Fim de Ano sempre me fizeram muita espécie...

Rafeiro Perfumado disse...

A única coisa boa é que se vai combater esse mito dos coelhos porem ovos.

nuvemdoce disse...

Ó faxabôre já cliquei nas letrinhas azuis e até fiquei assim pró chateada, é claro que fiquei, pois qualquer pessoa ficaria no meu lugar, não é caso para menos. Afinal de contas, tinha um coelhito na cartola, umas pequenas lavagens que fiz por fora, para ir gozar estas férias da Páscoa às Caraíbas e qual não é o meu espanto, tudo esgotado!!...não há pachorra, ou melhor não há coelho que resista!!...

..vai uma caipirinha??..olha, temos que fazer alguma coisa com os limões que a vida nos oferece não é??...ahhahahahh...

Beijokas