quarta-feira, março 16

só num país esburacado

Partilhar

Ontem mesmo, enquanto emborcava à pressa o prato do dia, a minha perplexidade atingiu os píncaros quando assisti a isto. Não que não tivesse logo dado conta que mais não passava de outra gafe da televisão do Estado. Já de manhã, a jornalista Carla Trafaria ao noticiar a greve dos camionistas, gentilmente apelidou os Gênêérres de “agentes de austeridade”! Compreendi-a. Mas o que me deixou engasgado com uma bola de golfe foi a sensibilidade do governo ao Approach dos senhores do Swing. Com as recentes alterações às tabelas de IVA, a prática de golfe passou a ser tributada à taxa máxima de 23%. Agora, o governo prepara-se para abrir uma excepção, aplicando-lhe de novo a taxa mínima de 6%. Foi como se tivesse levado, não com uma bola, mas uma pancada, um Shot, com o taco, o Putt, na minha cabeça. Então o primeiro-ministro que nos obriga a apertar cada vez mais o cinto, que exige aos portugueses sacrifícios pessoais, exigir-se-ia também por parte de quem governa, respeito e paridade, no mínimo! E no caso a situação ainda é mais grave e revoltante por ter aceite um Set de mordomias de uma elite de gente endinheirada e cada vez mais privilegiada. Esta ofensa ao direito mais elementar do seu povo que é o "direito ao pão", aos bens essenciais, num país onde muitas famílias vivem na opulência e muitos milhares de outras na mais extrema miséria, mostra a face porventura mais autêntica deste governo.

Approach: pancada de aproximação à bandeira;
Swing: movimento de rotação que o corpo faz para efectuar a pancada;
Shot: pancada;
Putt: taco utilizado para finalizar cada buraco, metendo a bola dentro do buraco;
Set: conjunto de ferros.


9 comentários:

Teté disse...

Andamos a funcionar no mesmo diapasão, é o que é... :)

Rui da Bica disse...

O governo perdeu por completo a cabeça. Os homens estão totalmente desorientados e com uma insanidade total !
Venham rapidamente outros, que numa altura destas não poderão fazer muito, antes pelo contrário, mas pelo menos que tenham alguma noção do ridículo !
.

paulofski disse...

É mesmo Teté, foi um Hole in one! :)

paulofski disse...

Concordo Rui, o governo está no Tee time há bastante tempo. Mas será que os "outros" não irão aumentar o buraco. Ou vão jogar mini-golfe!?

Rui da Bica disse...

A situação é muito, muito pior do que o que o governo nos quis fazer crer. É certo que o problema mundial actual já vem de há uns 14 anos (+ ou - 1997) e ninguém tomou as medidas que se impunham a nível mundial, mas é imperdoável que a partir de 2007, quando a verdadeira crise estourou lá fora e quando até eu me apercebi do que aí vinha e a partir do qual todos os economistas da oposição e não só alertaram o governo para as loucuras (tipo TGV, aeroporto, etc) ele se tenha mantido a leste, a assobiar para o ar, numa autêntica autocracia e a gastar à grande !
Acordou agora de um momento para o outro, como se tivesse descoberto a pólvora que já todos tinham descoberto.
Qualquer que seja o governo que aí venha não terá saída fácil e as coisas, dada a actual situação, vão demorar muito, muito a ficar em ordem.
O próximo governo vai ser para queimar porque não vai poder ser simpático e este virá depois a dizer: estão a ver que estes não fizeram melhor ?...
O que é certo é que este foi surdo e cego quando não devia ser e nos conduziu a este buraco .
Vai agora fazer-se de vítima da falta de acordo da oposição às medidas tomadas á pressa e à revelia dos outros orgãos do Estado, para saír em "beleza".
Pela mentira, pela arrogância, pela autocracia, perdeu toda a credibilidade e tem que ser substituido !
.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Já conhecia a notícia, mas recebi aqui uma bela lição de golfe. E eu a pensar que shot era aquilo que os putos gostam de beber quando saem à noite!

ψ Psimento ψ disse...

Provavelmente alguém de topo está a pensar comprar uma grande quantidade de Golfs!!

Rafeiro Perfumado disse...

Era pegar no taco wood, enrolá-lo com o iron, e depois apontar ao buraco. Deles.

Kok disse...

Apesar de tudo têm a "lata" de anunciar medidas restritivas seguidas de declarações de "está tudo bem" seguidas de mais medidas restritivas...
Já não são só medíocres e incompetentes.
São também um vómito...

Akele abraço pah!