terça-feira, janeiro 25

cultivando a amizade

Partilhar

A amizade é um sentimento que prevalece quando sincero. Deve ser um dos sentimentos mais autênticos que se pode ter por alguém, com entrega e partilha autênticas. Muito se fala deste nobre sentimento, práticas muitas vezes preenchidas de falsidade. Usa-se e abusa-se do valor da amizade com um descaramento tal que por vezes até enjoa. Ser amigo de alguém é ser companheiro sobretudo nas alturas menos boas. É ser conivente e dar apoio. É sentir felicidade quando os amigos estão felizes. Nem sempre se consegue isso, a vida obriga a uma dispersão de atenções, mas que nunca seja perversa e interesseira, caso contrário a palavra amizade estará desprovida de sentimento. Temos duas mãos, uma para dar e outra para receber, que dispensam outro tipo de interesses, e a isso é que eu chamo amizade.


5 comentários:

Lua disse...

Bom dia AMIGO!!!=)
Bjinhos

Teté disse...

Eu acho que é O sentimento mais autêntico que se tem por alguém, se mútuo e verdadeiro. Porque noutras relações de amor ou familiares há sempre uma ideia de troca inerente, na amizade ela não é necessária, há apenas uma espécie de partilha.

Mas por falar em amizade, um dia destes estava o Pinto da Costa (médico) a comentar na TV o caso Carlos Castro e desata a barafustar contra o FB. Como o CC e o tal Renato se conheceram por essa via, ele estava a dar como exemplo que as relações virtuais não são amizade coisíssima nenhuma, como se via... Ainda me fartei de rir com o homem, que parcialmente até concordo com ele, mas vir dar aquele exemplo para o demonstrar pareceu-me um nítido exagero... :)

paulofski disse...

Bom dia amiga. Beijinhos.

paulofski disse...

Para contrapor essa opinião, Teté, ainda na passada 6ª feira, me encontrei num jantar em "casa" de uma amiga com mais três amigas, duas delas vieram de Lisboa em visita, e que revi com grande satisfação. Foi de fazer saltar a tampa ;) (private joke). Dizia eu, que era para contrapor a opinião do Profe, porque se as conheci foi através dos blogues, e do que a gente chama de blogobairro, um extraordinário meio de contacto onde a "vizinhança" estreita fortes laços de amizade.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Por isso é que há tão poucas pessoas a que hoje em dia posso chamar amigo...