terça-feira, junho 15

um bom feeling, assim-assim

Partilhar




Como já devem ter reparado, ou então não, ultimamente tenho estado ausente do gabinete a passar uns dias retemperadores, primeiro de descanso forçado devido à chuva, depois num belíssimo fim-de-semana prolongado a passear por trás dos montes, a comer e a esperguiçar e, só para invejar, ainda me restam algumas férias para aproveitar. Mas o assunto que me traz por cá à sucapa é outro. É inevitável eu ter de falar do Mundial de Futebol e hoje finalmente a nossa Selecção vai "ripar na rapaqueca"(*) e, espero, mostrar serviço. Será que os marujos do xôr Queiróz vão redescobrir o caminho, não sei se marítimo, para as balizas adversárias ou simplesmente passar o tempo a chutar a Jabulani para as bancadas, consoante a falta de pontaria (se por um fortúnio alguma bolada acertar em cheio numa daquelas vuvuzelas é bem feito, é menos uma a chatear o santo)? O meu feeling está, por assim dizer, assim-assim. Moderado q.b., sem euforias e nem derrotismos antecipados. Mas desde já vos digo que nem em sonhos imagino vê-los trazer o caneco dourado de terras africanas, qual tesouro pirateado, mas espero deles que pelo menos façam boa figura, honrem as camisolas e não metam àgua na velha e esburacada nau lusitana. Como treinador de sofá, vou estar atento aos amendoins e à minha superbock fresquinha, pois tenho a desculpa perfeita para me baldar ao trabalho, as minhas férias. A táctica? Mas a minha táctica é infalível e vai deixar as costas dos marfineses vergadas à nossa classe:
Ó Eduardo, tu defende pá mas sem mãos de tesoura. Ó Bruno, não te esqueças do teu dragão lança-chamas e deixa-me esses gajos ainda mais esturricados do que já estão. Onde é que está o Simão? Ah estás aí! Ouve lá, como tu agora és um big mac, alimenta a paixão à vontade e engorda mas de tanto comemorar! Ó Deco, mago de Gelsenkirchen, estou à espera dos teus passes de magia, hã. O Meireles fica ao teu lado como partner para te ajudar a tirar uns golos da cartola. Nani. Ah o Nani já não está! Danny, diz o Liedson que se desvie dos postes e avisa-o que a relva não é só para estar deitado a descansar. Será que te esqueceste para que serve uma baliza Ronaldo. Andas a comer muito ketchup espanhol, é o que é! Está atento às bolas e não se distraias com as vuvu delas, tá bem?


(*) Ripa na rapaqueca - expressão criada e utilizada por Jorge Perestrelo nos seus relatos de futebol, inspirada na dialética angolana e que singnifica "chuta na bola". Outros termos e expressões que usava nos relatos radiofónicos de futebol: É disto que o meu povo gosta; Olha a revienga...


6 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Também estou assim -assim. O resultado de amanhã será muito importante para o futuro da selecção. Vamos torcer!

Teté disse...

Olha, feeling não é nenhum em especial, penso que conseguiremos passar à fase seguinte, mas suponho que fiquemos por aí...

Gostei da música e dos "óculos" da garota da foto...

Beijocas e continuação de boas férias!

Gata Verde disse...

Ai que saudades do Sr.Perestrelo!!!
Adorava ouvir...nessa altura ainda me divertia com o futebol!

Bjs

ψ Psimento ψ disse...

Não sou grande fã de futebol mas espero que Portugal consiga uma boa classificação embora suspeite que não passará à fase seguinte. Quando jogar contra o Brasil vou estar meio k num dilema eheh. Bem uma continuação de boas férias que as minhas só em Julho. Abraços

Kok disse...

Desejo que ganhemos o campeonato.
Não acredito que cheguemos aos 1/4.
O seleccionador nunca me convenceu mesmo sabendo do que já ganhou!
E ao vê-lo no jogo, mais me convence que menos me convence!

Abraço pah!

Gi disse...

Que giro, postámos a mesma foto.
Desejo que Portugal ganhe o Mundial, mas desejos não são "feelings".