quarta-feira, abril 21

para uma flor

Partilhar


Acorda como todos os dias, cedo e com um livro nas mãos. Depois da rotina matinal, comum a tantas outras, reserva a manhã para cuidar do seu jardim. Abre a porta de casa, olha para o céu, azul cristalino como os seus olhos, e inspira suavemente o intenso aroma a maresia que lhe dá os bons dias. Lentamente pega em todos os apetrechos que necessita, as luvas, a tesoura, o regador. Sorri às flores abertas pelos primeiros raios de sol e agacha-se para sentir o perfume de cada uma delas. Sente há muito o peso da vida e o seu corpo reclama alguma prudência, mas não liga nada a isso e delicada dá lugar às suas paixões. As plantas chamam por si. Rega cuidadosamente os vasos, um a um, as orquídeas, os cravos, os lírios, as rosas, as flores do campo. Escava com cuidado a terra à volta das roseiras, poda-as e apanha as folhas secas. Prosa com as suas amigas, como são belas, como são tão frágeis e bonitas. Ajoelha-se por momentos na relva húmida e, ao escutar os pássaros que cantam em sintonia, começa a aparar os galhos dos arbustos verdes. Cuidar do seu jardim e em especial dar amor às flores faz de si uma pessoa feliz. Lembra-lhe como sempre cuidou de todos e como esses momentos alimentam a sua alma. Quanto mais o tempo passa mais bonito fica o seu jardim, e o danado do corpo que continua a reclamar por uma pausa.
Precisa então de descansar um pouquinho e refugia-se na sombra do alpendre. Dali vê como desabrocham os hibiscos vermelhos, como se fossem vaidosos bailarinos. Vê a bela e elegante estrelícia, como se fosse uma exótica ave do paraíso. Vê o seu jardim que floresce num mosaico de cores, aromas e texturas, como se ela mesma fosse mais uma das flores que tanto gosta. Prepara alguns arranjos florais com todos os tons de lilázes, um pouco de branco, amarelo e não faltam os verdes para dar um pouco de cor às frias pedras mármore das campas. Um carinhoso ramo de orquídeas está já arranjadinho para o Paulo levar à Carlinha. Volta a entrar em casa e embrenha-se na cozinha para fazer um bolo de laranja para os netinhos. Recebe as crianças com o sorriso de sempre, ouve-a atenciosamente sobre o dia na escola, ri com as diabruras do mais pequeno, assiste o seu programa favorito na televisão e então adormece, com a janela aberta para o aroma das rosas entrar…

Feliz aniversário mamã.


10 comentários:

Teté disse...

Este texto fez-me lembrar a minha avó, também ela apaixonada pelo seu jardim e pelas suas netas... :)

Parabéns à tua Mamã!

E beijocas a ambos!

Altamirando Macedo disse...

Paulo,belíssima homenagem à mãe no seu aniversário,o parabéns é para você.Minha mãe também faz aniversário hoje e eu ainda nem a cumprimentei por telefone.Ela faz hoje, 83 anos e poucas vezes me lembrei da data e incrivelmente o aniversário da sua me faz lembrar do aniversário da minha. Ela acompanha uma filha no litoral e no seu retorno,embora tardiamente, darei meus parabéns.
Abraços.

Kok disse...

PARABÉNS, à mãe e também para ti.
Quase coincidia com o "teu" dia.
Um abraço, pah!

mjf disse...

Olá!
Parabéns aos dois:=))

Beijocas

Vera disse...

Lindo :-)
Parabéns à tua Mommy!!!

Sandra. disse...

:))

Bizinhu, faxabôri dentregar uma beijoka à tua mamã q deve tar orgulhosissima de tum bela mensagem :))

besuuuuuuuuuuuuuuuus

Safira disse...

Ai que o mês de Abril é danado para o orçamento familiar no que toca a presentes...

Muitos parabéns à mamã, e ao filhote pela linda homenagem

beijinhos

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Excelente homenagem. Parabéns para ti e para a mamã.

Gi disse...

Ontem foi dia de estar offline.
Por isso hoje cá estou para dar parabéns à tua MAMÃ.

Anónimo disse...

Parabéns MAMÃ.....
Alguém que nasceu para dar, também merece receber, e eu sei que não percisa de mais a não ser que lhe retribuam com amor.