sexta-feira, setembro 25

hoje

Partilhar

...o meu pensamento não está aqui, anda a voar fora do lugar. Vagueia solto em várias direcções. Entre este esvoaçar mental, cabeça a milhas noutros lugares, surgiu-me a imagem de um ninho. Um ninho que balança suavemente no galho de uma árvore ao ritmo de uma canção de embalar. Hoje sinto-me como um pássaro que voa entre o longe e o perto. Voa para longe guiado pelo sentimento de pai, rápido e perceptivo, que busca no ar o som do filhote protegido na sua habitação, restabelecendo forças para voltar a voar. Ao mesmo tempo o sentimento de tio voa tranquilo, noutra direcção ali tão perto, para uma casa de vida, um ninho carinhoso e doce morada onde a esperança aguarda paciente a chegada da cegonha.


7 comentários:

Gi disse...

Mas que fantásticos voos!

CPrice disse...

(bonito)

Patti disse...

Ai rapaz que te estão a fugir os eus!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

"Os passarinhos, tão engraçados, fazem os ninhos com mil cuidados..."

Teté disse...

Hoje os passarinhos é que estão a dar... :D

Pai babado e futuro tio babado, estou a ver... :)

Beijinhos e bom fim de semana!

Sunshine disse...

Tanto carinho ....

Felicidades para o ninho que aguarda a chegada do passarinho.

Para ti também ... tudo de bom.

Bjinhos ... bom fds
:)

Altamirando Macedo disse...

Quando menino eu achava que não existia beija-flor na Europa. Ela não tinha este direito,só a Amazonia.