quinta-feira, outubro 23

a pedido de muitas famílias

Partilhar

Afinal a curiosidade é comum a todas as gerações. Depois de aqui ter contado a minha experiência com a idade dos porquês, das crianças e outras questões maiores do meu adolescente, faxabôre ler o post anterior para perceber do que estou a falar, eis que as minhas amigas visitantes estão curiosíssimas em saber como correu a tal conversa de homem para homem que tive com o meu filho.

Para início de conversa fiquei sem palavras, olhei para ele e perguntei-lhe, ouve lá e onde ouviste tu falar de ejaculação precoce? Foi na escola. Pois! Onde deveria ser! E foste ver ao dicionário o que quer dizer ejaculação? Fui, mas não vem lá! Não vem lá! Então como procuraste? E… jééé…! Pudera, assim nunca mais! E…jááá…cuuu… Ah, vou ver! Acto ou efeito de ejacular; emissão do esperma; derramamento com força…blá blá. Percebeste alguma coisa? Ele de ombros encolhidos e olhar inocente, não parecia muito convincente e vi logo que por ali não ia lá. Percebi de imediato que teria de recorrer ao meu velho livro que guardei na estante no quarto dele. Um grande livro muito bem ilustrado de Joe Kaufman “O nosso Corpo; como nasce; como cresce; como funciona". Devo dizer-vos que os bonequinhos é que me safaram pois assim ele entendeu bem melhor como funciona o órgão reprodutor masculino desde a excitação, à erecção, à ejaculação
, a qual resulta de uma sensação muito intensa de prazer, o clímax, sendo extremamente agradável e satisfatório. A questão precoce já foi mais difícil de explicar por motivos óbvios. Depois foi só ter a paciência de lhe fazer entender todos os processos, explicar-lhe que qualquer acto sexual terá sempre de ser mutuamente consentido, que deve sempre procurar utilizar os métodos de protecção, usar sempre o preservativo, e que o pai e a mãe estarão sempre presentes para qualquer outra questão maior.

Safei, ou não me safei bem?

34 comentários:

Patti disse...

Ah, assim 'tá bem! Com bonequinhos, dicionários e tal.
Agora aquela do blá, blá, blá, anda cá rapaz que temos de ter uma conversa...isso não me chega.
Eu tenho aqui um lugar marcado, não é por dá cá aquela palha!

Sim, oh faxabôre, eu quero isto aqui sempre tudo muito bem explicadinho, não é Lena?
Não é agora vir para aqui dizer, ai que pai tão bom, ai que maravilha de educador, ai que exemplo de família...isso já eu sei. Agora quero é saber o resto.

Pronto, ok, safaste-te!

paulofski disse...

Convenhamos que primeiros deve-se aprender a teoria para que um dia ele o possa colocar em prática.

O blá, blá do dicionário já estava a maçar portanto o velho livro que os meus pais nos deram e eu guardei religiosamente safou-me desta.

Outra dúvida qualquer faxabôre de dizer, tá?

ines disse...

"Para início de conversa fiquei sem palavras..." estava a ver que não!

há e tal, pois é assim e assado, o antes e o depois! estas explicações cientificas têm muito que se lhes diga!

Beijo para os sorrisos mais sorrisos do Porto

Feitiozinho disse...

Bem sei que essas conversas não são nada faceis. Apesar de não ter crias (repara que não lhes chamei batraquios, já é um avanço :P ) tive essa mesma conversa com a minha irmã mais nova. Na altura ela tinha 6 anos e a pergunta deixou-me completamente parve e de olhos abertos a olhar para ela.

Acho que hoje em dia já não deve haver tabus, por isso peguei num livro identico ao teu e lá tratei de mostrar os bonequinhos e ler e ter a certeza que a criança não tinha ficado com duvidas.

Sabes como é que a conversa começou?

"Oh feitiozinho, o que é o sexo?!"
eu a tentar escapar-me da resposta ainda comecei por explicar:

"Então L, temos o sexo feminino que são as meninas e o sex..." ao qual ela não me deixou sequer terminar dizendo logo:

"Não é esse sexo que eu quero saber, quero saber do outro...!"

mariam disse...

:)
OK! Obrigadinha!
Quando cá em casa vier essa pergunta, mostro-lhe este post! ;)

estas difíceis idades, estes difíceis amores (como diria J.M.Vaz)
estas difíceis tarefas materno/paternais!
mas, parece-me que os nossos filhotes... tem grandes "conversetas" uns com os outros... tenho-me andado a aperceber disso, por frases que ele vai soltando, a propósito de certos temas...
Paulo, acredita, que de repente, no mês passado, disse-me "mãe, esses boxers que tenho aí estão out! quero dos outros, à H, desses, de justos ao corpo, pretos, bem, também podem ser de outras cores..." as miúdas acho que gostam mais!!! sorri p'ra dentro, este foi o primeitro grande indício que o meu menino "cresceu"!

bom resto de semana
grande sorriso :)
mariam

Gi disse...

Estás precocemente safado; o que vale é que o teu filho faz poucas perguntas; não terias a mesma sorte se fosses pai dos meus. ;)

ines disse...

agora saí daqui com uma lagrimita!
esta musica, diz tanto, e lembra-me tanto!
Obrigada Paulo, por este momento lindo!

Paula Crespo disse...

Bom, acho que as minhas crias já não me vão perguntar essas coisas, senão fazia-lhes um link para aqui e pronto! Fácil, não?! ;);)

Mónica Pereira disse...

Estiveste bem. A minha filhota, de 4 anos, já me perguntou como os bébés saem da barriga. Um dia deste vem-me pergunhtar como é que eles vão lá parar, e, nessa altura é sempre bom ter um tio como tu para lhe explicar. Beijinhos.

paulofski disse...

E depois…e depois…! Oh Feitiosinho, eu também queria saber…

paulofski disse...

Ahhh... as aulas do Prof. Machado Vaz deveriam fazer parte do ensino currirular.
Mariam, mostra-lhe este posttambém , lembras-te?

Sorriso maroto.

paulofski disse...

Ainda bem Gi… quem sai aos seus normalmente não degenera!

;)

paulofski disse...

Facílimo Paula, eu ajudo.

;)

paulofski disse...

Mónica, e tu como mãe extremosa que és lá lhe respondeste que os bebés vêm de Paris numa cegonha!!! Beijinhos.

NÂO, outra vez as perguntas da pitoquinhas perguntadeira, nããããã…(brincadeira)

paulofski disse...

Inês querida, com tantas explicações esqueci responder o teu comentário, vá lá limpa essa lagrimita, vá.

Beijinho

Ka disse...

lá, ó faxabôre... :)


Por esta estás safo :P

Mas olha que vamos andar atentos pois o livro não te vai ajudar em tudo...:D

Beijinhossss

paulofski disse...

Óh ka, ainda vão pensar que ando sempre com o livro debaixo do braço!!! :)

Beijinhos

Pedro Barata disse...

Paulo, safaste-te muito bem! Parabéns!

Agora prepara-te para o próximo passo! ;)

Um abraço

liamaral disse...

Como sempre, safaste-te muito bem! Com bons pais como o Rafa tem tenho a certeza que nada lhe vai deixar dúvidas ou embaraços! Assim é que é! Parabéns!
:) Beijinho

Sunshine disse...

Olá!!

Se essa foi a primeira espera pelas outras ... digo-te eu que não foi nada fácil responder ao meu (hoje já tem 32) mas vi-me aflita para explicar sem fantasias nem termos muito avançados, enfim lá me safei e parece-me que não foi muito mal ... pelo menos nunca deu problemas e foi sempre perguntando ...

Se fosse agora mandava-o ler o teu post :)

Bjs ... ó faxabôre (vou dae uma volta no gabinete tenho andado muito ausente e tens coisas muito interessantes para ler)

paulofski disse...

Pois é Pedro, passo a passo o rapaz vai crescendo.

Abraço.

paulofski disse...

Lili, e assim também aproveito para rever a metéria, hehe...

Beijinhos

paulofski disse...

Pois eu sei Sunshine e sermos bons e grandes amigos é muito bom.

Faxabôre de se acomodar, se quiser cafézinho esteja à vontade :)

Beijinhos

mariam disse...

LOl... fui espreitar, claro que lembro!
e, não lembrava era das "cuecas" soltei uma gargalhada! esses boxers são os que ele afirma estarem "out" ... LOL LOL

sorrisos (muito) :)

mariam

Gata Verde disse...

Safaste-te lindamente!!!
Parabéns por seres um pai presente.

beijocas

LeniB disse...

É sim senhora, Patti!! Se o pessoal tem lugar cativo neste blog é por querer sempre tudo muito bem explicadinho!!
Bem, lá te lembraste dos bonecos...nada mal...espero que a explicação tenha sido coisa de gajos e não ao estilo da rua Sésamo!!!
Safaste-te...desta. Espera por outras...mais complicadas!!
bjs

Safira disse...

O Júlio Machado Vaz que se cuide!...
;)

paulofski disse...

Oh Maria, estão "out" das calças não é? Novas tendências na moda das cuecas.

:)

paulofski disse...

Obrigado Gata, farei por estar.

:)

paulofski disse...

Foi ao meu estilo mesmo. Lenib, escreve aí um post à D. Lurdes, para quando uma disiciplina de educação sexual nas escolas. Dava jeito.

Beijinhos

paulofski disse...

Ele e o Prof. Manuel Damas

:)

wagner disse...

Bom dia

Gostaria de saber onde encontro o livro "o nosso corpo" de Joe Kaufmanm pois ja procurei pela net e não encontro para venda;

Atenciosamente

Wagner

paulofski disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
paulofski disse...

Olá Wagner, grato pelo comentário. Numa pesquisa rápida pelo Google recebi logo resultados, como por exemplo: aqui;aqui; ou aqui.