sábado, agosto 23

o filme destas férias

Partilhar




Os filmes de animação sempre foram os meus preferidos, sobretudo as excelentes criações da Pixar. Esta noite assistimos finalmente a mais uma dessas brilhantes criações, aguardada por mim com bastante interesse.

Para quem não sabe, a historia deste pequeno robot é mais antiga do que parece, desde da época da criação da própria Pixar. Já outros filmes e personagens tiveram o seu sucesso: Toy Story, Vida de Insecto, Monstros e Companhia, Nemo; “Wall-e” é o primeiro filme da Pixar, onde o público alvo principal não são as crianças apesar dos seus filmes sempre divertirem pessoas de todas as idades. “Wall-e” é um filme mais sério, com uma grande crítica ao mundo em que vivemos e podemos vir a tornar. Toda a história desenrola-se com um ritmo narrativo mais lento, as crianças preferem mais agitação, e boa parte do filme Wall-e é “parado”. Tem um pequeno robot como personagem principal que fica quase 1000 anos sozinho na Terra, com a sua amiga baratinha, fazendo aquilo que melhor sabe fazer, apanhar lixo. Mais tarde, surgirá outra personagem, tão carismática quanto o próprio Wall-e, uma pequena robot super moderna chamada EVA. O filme cria uma ligação amorosa entre EVA e Wall-e, o que lhe dá um certo charme e torna-se bastante enternecedor o relacionamento entre ambos, o que por vezes faz até lembrar um casal em início de namoro.

”Wall-e” é um filme imperdível, recomendado a toda a família. É uma daquelas obras primas que faz a Pixar voltar aos seus bons velhos tempos, com um filme de animação superior, cheio de humor e mensagens dignos de merecer toda a nossa atenção. Ficará gravado na memória de quem assistir a este filme de qualidade.


p.s.: Bem sei que não tenho respondido aos vossos agradáveis comentários, nem tão pouco correspondido às vossas visitas. Quando regressar definitivamente destas agradáveis férias voltarei então às minhas rotinas. Até lá vou postando algo em alguns dias, o que até nem é nada mau! Ora digam lá, ó faxabôre!

Bom fim-de-semana



4 comentários:

Borboleta disse...

Eu também tive o prazer de ver este filme no dia de estreia...achei fenomenal!

Confesso que não estava à espera que fosse tão bom!

Adorei, cheguei mesmo a ficar com a lágrima no canto do olho...peigas?...não, não sou...todo o seu conteudo e a mensagem que o filme pretende passar é algo deveras preocupante e que infelizmente nem todas as pessoas se apercebem disso!

Beijinhos e boas férias!

Kok disse...

Claro que os "movies" da Pixar são de fixar.
Ainda não vi mas vou ver.
Akele abraço, pah!

Ah, e boas férias (ainda?)

Paula Crespo disse...

Já vi o filme e, contrariamente à onda que o vem aclamando, eu não o achei nada de especial. Lamento, mas até o achei chato... Pode ter sido culpa minha, até admito, mas não vejo em que é que este filme supere todos os outros filmes de animação e em que é que ele seja o melhor de todos, como a crítica apregoa. Quanto à mensagem, é claro que é válida, mas não é inovadora, já que ela surge em muitos filmes, de animação e não só. Um aspecto muito positivo, que me parece de realçar: a banda sonora, que é óptima!
Esperava mais, talvez seja isso...
Boas férias!

liamaral disse...

Eu també já fui ver com a Rita! Muito giro1 Gostei muito!
:) Beijinho