terça-feira, maio 10

o que os finlandeses, e não só, precisam de saber acerca de Portugal.

Partilhar

Passou nas têvês nacionais e inundou as redes sociais. Este é o momento integral da apresentação do primeiro episódio do Portugalnomics, pelo Dr. Carlos Carreiras, nas Conferências do Estoril, no âmbito da segunda edição das Conferências do Estoril sobre Desafios Globais, Respostas Locais, com as reacções da audiência.

Chapada de luva branca, dirão muitos. Marketing inteligente, pensarão outros. Propaganda patriótica desmesurada, satirizarão alguns. O que for, no ego lusitano fica mensagem onde não faltam umas quantas alfinetadas aos nossos amigos finlandeses!

Pois para mim o filme está muito bom, mesmo que duvide que “Arigato” seja na realidade uma palavra portuguesa, mesmo que goste de Mateus Rosé e não esteja no mesmo lado do campo nas questões da bola. Há sim uma utilização inteligente de factos, da história e da cultura que a maior parte dos portugueses desconhece. E desconhece porque somos um povo desinteressado e muitas vezes crítico do “made in Portugal”. É um vídeo informativo e bem humorado, não só dirigido aos finlandeses mas a todos que nos desejam conhecer, e que revela o quanto o mundo deve aos portugueses. É injusto que a Europa trate o nosso país apenas como uma periferia e um destino turístico. A ideia está excelente e o local escolhido para ser exibido o mais oportuno. Parabéns à equipa que o idealizou e realizou.

Segue-se o filme legendado na íntegra.


4 comentários:

Rui da Bica disse...

Está fantástico ! Fica-se com um certo orgulho ! Creio que produzirá algum efeito esta mensagem preparada com uma certa dose de humor e com um final que (juntamente com a bandeira inicial), é uma boa "machadada" nos finlandeses.
.

Teté disse...

Também gostei do filme! E sim, houve logo gente a afirmar que não era verdade que arigato fosse uma palavra de origem portuguesa, mas no fundo é um mero pormenor. Gosto e pronto! E tenho orgulho de ser portuguesa, tal como sempre tive! Que culpa tenho eu que os nosso políticos sejam uns farsolas? ;)

Já o caril, também dispenso! Mas há quem goste... :)))

Kok disse...

Ocorre-me uma perguntinha:
estavam finlandeses assistindo à "coisa"?

Já há resposta da Finlândia? Deve ser interessante.

Akele abraço, pah!

§-Se gosto de caril? ADORO!!!!

mariam disse...

Paulofski,

fantástico! Não conhecia! RS :):)

Fechei a caixa de comentários do http://mariasentidos.blogspot.com/ (um dia destes reabro), mas continuo a visitar o 'blogobairro' e embora ande parca no comentar, não me esqueci de Ti nem dos outros(as)amigos(as).

um abraço e o meu sorriso de sempre :)
mariam