terça-feira, junho 29

o fado dos caracois

Partilhar


Análise ao jogo? Não me apetece, e tristezas não pagam dívidas.
C. Ronaldo, qual ponta de lança em África, petulante e deseducadamente passa pelos jornalistas portugueses na zona mista e manda-os "falar com o Queiroz"!


Siga o fado Dona Amália...





5 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Jogámos só com 10. Queiroz não teve coragem de substituir Ronaldo. Compreendo-o bem, mas tive pena.A verdade é qeu os espanhóis foram melhores mas, com uma pontinha de sorte, tínhamos marcado primeiro e agora poderíamos estar aqui a festejar. Paciência...

Kok disse...

Tirar o Hugo Almeida que era (quase) o único avançado a entrar com alguma eficácia na defesa espanhola não é assim uma espécie de (como vou dizer isto?) ideia rectal?
Já não falando das vezes que veio ajudar à nossa defesa...

Abraço pah! e caracóis e S.Bock!!!

FM disse...

Compreendo-te Paulofski, mas ele, como imaginas, tem uma pressão muoto maior do que qualquer um dos outros... E se alguém queria mesmo ganhar, acredito, era ele, ao ponto de, infelizmente, não ter consegudio fazer nada...
É triste, o nosso fado. Era bem melhor quando havia "samba".
Abraço.

FM disse...

Já reparaste que a imprensa internacional fala do Ronaldo e não de Portugal... Ou melhor, até o seleccionador Espanhol, antes do jogo, dizia que éramos Ronaldo e mais 10... Só foi pena que ele não conseguisse, uma vez mais, jogar, para ganharmos aquilo e muito mais.
Lamento.

Teté disse...

Há coisas piores na vida do que perder um jogo de futebol. Embora pela tinta que já correu e desgaste de teclados não pareça... :(

Julgava eu, inocentemente, que agora se ia falar menos de bola. Ná, os críticos do costume saltaram para a arena e têm passado a semana a arengar e a culpar tudo e todos pelo "desaire". Que povo da treta, que não sabe apoiar a sua selecção nos momentos menos bons!!!