terça-feira, maio 11

o hábito

Partilhar



Todas as noites, há cada vez menos portugueses que antes de se deitar entrelaçam os dedos das mãos, cerram os olhos em meditação, seguram um terço entre os polegares e começam a rezar, a fim de agradecer a Deus por mais um dia de comida sobre a mesa, pelo tecto seguro que os abriga, pela cama quente que os conforta e pelo emprego que lhes garante um parco rendimento.

Todas as noites, há cada vez mais portugueses que antes de se deitar entre
laçam os dedos das mãos, cerram os olhos em meditação, seguram um terço entre os polegares e começam a rezar, a fim de pedir a Deus por um emprego que lhes garanta um parco rendimento, que tenham comida para servir à mesa, que possam pagar o tecto seguro que os abriga e a cama quente que os conforta.

Gostava muito de entender como pode um país como o nosso, em plena crise económica e na eminência de cair na bancarrota, permitir-se ao luxo de conceder uma tolerância de ponte por quatro dias a fio? Como pode condicionar toda a vida quotidiana e económica das suas duas principais cidades? Como pode um Estado que se diz laico custear esta visita que, tudo incluído, não ficará por menos de 75 milhões de euros (fonte SIC)!?! A sério, gostava mesmo muito de entender.



Mas os desesperados não oram e, ao invés de agradecer,
eles reclamam.



13 comentários:

Kok disse...

Não entendes tu nem eu.
E nem entende muito mais gente.

Abraço, pah!

Sandra. disse...

:))

Em relação a isso eu tenho a minha ideia formada bizinho, é um papa novo, q n agrada a muis, pois vai ser mui complicado nos conquistar como o fez joão paulo II...Entretantos, se n houvesse tolerância é pq n havia e n sei k, como há, é pq há e blá blá...tanta cena por causa de uma paragenzita...seria pior uma paragem por uma desgraça certo?? O país tá na cepa torta e tá...embora existam pessoas sem fé, existem em mui maior numero qm a tenha, e essas pessoas têm direito a socorrer se de algo, q seja a visita do papa, para terem esperança, algo de bom para se agarrar. Vamos ter calma :) Possivelmente só uma ajuda divina para endireita tanta cena torta ;))

besuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus

NB - Eu vou à missa papal :)

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

O que mais me encanita é saber que o chefe da Igreja Católica vai dar a benção através de microfones chapeados a ouro, sinceramente!. Mesmo que sejam os fiéis a pagar, quero lá saber, é um ultraje aos pobres, personalizado pelo Papa. No fundo não me admira. Também é essa Igreja Católica que condena Chavez mas apoiou Pinochet e a recente golpada nas Honduras.
Quanto aos gastos com os Falcon e os aviões e helicópteros a brincar nos ares, infelizmente é prática sempre que os chefes de Estado se visitam uns aos outros.

Gi disse...

Realmente não havia necessidade. As pessoas que o desejassem poriam um dia de férias.
Mas pronto!

FM disse...

Pois!
Até doi, tal como os "Dolce&Gabanna" que usa, embora durma, em Portugal, num local provido de luxos.
Enfim!
Abraço.

Gata Verde disse...

É sempre bom entreter o povo...a seguir vem o Mundial!!

Crise? O que é isso??

redonda disse...

Também não percebo...

ψ Psimento ψ disse...

Olá fico grato por teres as mesmas perguntas a colocar que eu…
Estamos a bater no ridículo mesmo…
Vamos continuar a brincar assim, é bom ver que ainda se pode descer um pouquinho mais fundo…

Tó disse...

Pois...o Vaticano sendo um "Pais" rico, podia ajudar nas despesas, ou pelo menos autorizar menores gastos, mas a Luxúria que rodeia todo a Plebe da Igreja, é um dos pecados que continua a deturpar a mensagem principal da religião católica....
Depois de todo este esforço de todos nós para pagar a conta, no final, espero que pelo menos alguma mensagem passe pera aqueles que realmente dela necessitam.

Abç Mano

Teté disse...

Acho que esta ninguém entende... :(

Teresa Hoffbauer disse...

Portugal não está na eminência de cair na bancarrota, o país já está há muito tempo como a Grécia, com ou sem a visita do Bento XVI!

Altamirando Macedo disse...

Óh!...Paulo, não sejas incrédulo, o papa visitou Portugal para reiterar o aval feito ao FMC (Fundo Monetário Celeste) em prol dos gajos. Aguarde, se não vier agora, virá após a crise. Não se esqueça de rezar com os dedos cruzados. De preferência, o dos pés.

Filoxera disse...

Ó faxabôre, junte lá as minhas palabrinhas às suas. É qu'aqui a "je" também não entende... E é este um país laico, ao que dizem...
Um beijo.