sexta-feira, fevereiro 6

na caminha

Partilhar


Oren Lavie - Her Morning Elegance

No lado direito da cama habitam desejos, momentos a meia luz que se equilibram entre almofadas, numa serena orgia dos cinco sentidos. No silêncio do quarto uma boca procura a outra, um amo-te é sussurrado, letra a letra, num eco que ressoa lenta e repetidamente de cima a baixo, cabeça, tronco, pele e coração em consonância, dançando juntos ao mesmo ritmo da mesma banda sonora. Encenação de um espectáculo carregado de luz da madrugada com o escuro dos olhos fechados, em que a coreografia não pede apenas as mãos dadas. Quer corpos doados e plenos de reacções, convulsões e vibrações, produzidas por pernas e braços trançados num único novelo. Um dois em um, numa mistura de gosto, prazer e calor de emoções que invadem o colchão. Corações em aceleração que batem a sorrir. Do lado esquerdo abrandam. Lugar onde repousa agora o amor, sereno, juntos nos sonhos, no silêncio e no sono leve desse momento desassossegado. Pedem o ar fresco da lua, a única espectadora dessas cenas passadas em slow motion, e num leve e involuntário suspiro acordam na manhã seguinte, ainda escura. Noite recordada em carícias e conversas de lençóis, deixados vazios, espalhados na cama que agora arrefece.


Faxabôre, tenham um bom fim-de-semana, pois se continuar este temporal assim tão friorento vou fazer como o outro que diz: "de manhã só é bom é na caminha"

10 comentários:

mariam disse...

Paulo,

belíssimo texto ! e o vídeo é fabuloso! gostei muito.

pena não poder amanhã (a manhã) na caminha... :)
no post abaixo, sorri imenso, e, como parece tão fácil escrever... parabéns.

um sorriso :)
mariam


e, OBRIGADA! :)

inês disse...

O video, já conhecia, é extraordinário! O teu texto deixou-me encantada, nostágica e saudosa! No lado direito de minha cama habitam, saudades e sonhos!

Um execlente fim de semana

Patti disse...

O menino está inspirado, sim senhora, gostei imenso.

Agora, o resto do post é depois da meia-noite, com bolinha vermelha no canto direito?

liamaral disse...

É impressionante a forma como uas as palavras! Até parece fácil! Gostei muito, do texto, do video, da música, de tudo! Mais uma vez...
:) Beijinho e bom fim de semana.

Si disse...

Há palavras que nos saiem pelos dedos fora com uma vida tão própria e tão perfeitamente harmónicas entre si, que, se não temos um teclado por perto, elas escapam-se e não voltam...
Ainda bem que as prendeu a este post...
Fantástico!

OnlyMe disse...

O vídeo é espectacular e o teu texto, simplesmente fantástico. Gostei muito de te ler.

Jinhos :)

Safira disse...

Ui...ora vejamos. Na minha cama ouvem-se ronroms que não abafam o ronco monstruso que se eleva da caixa toráccica de Sasha Margarida, estacionada a poucos metros. Há também um ranger de dentes, os meus, quando quero dormir e a sinfonia não pára!

Beijocas

Inês Brito disse...

Amei o texto! Estava a tentar ver o video desde 6ª, parecia praga e não abria... (soiu uma atrasada, só comento mesmo no fim do fim-de-semana...)

Bj,
(i)

Gata Verde disse...

Espéctacular!!
O video é o máximo!

beijos

LeniB disse...

Não consegui abrir o vídeo, mas dá para suspeitar o conteúdo...
Concordo com a Pati..."ganda" inspiração!!!