segunda-feira, setembro 29

muito me contas

Partilhar

A nossa casa tem muito o que contar. Cada qual terá a sua. Outros gostariam de ter a sua. Pequena ou grande, tê zero ou moradia. Modesta, uma casa numa rua qualquer.

Bem-estar. Alegria. Noite. A nossa casa é um pouco de nós.

Cama. Fogão. Emoção. Nos acolhe quando estamos acordados. Nos aquece quando precisamos de conforto. Nos abriga quando comemos. Nos acompanha quando estamos na sanita. Nos avisa para sairmos à rua. Nos festeja quando recebemos visitas. Chama por nós quando estamos cansados. Momentos apressados.

Morada. Amor. Sabor. Não é perfeita. Pedaços de vida por metro quadrado.

Só. Confidente. Desejo. Recebe-nos de noite ou de dia. Ouve-nos. Guardiã.

O que me contas minha casa? Muito me contas nas tuas contas.


9 comentários:

mjf disse...

Olá!
Eu costumo dizer que a minha casa é o meu porto de abrigo...
;=)

Beijocas
Boa semana

Ka disse...

lá, ó faxabôre...


Ia dizer o mesmo que a Mjf: aminha casa é o meu porto de abrigo! E revejo-me na forma como a descresves :)

Beijinhos

Suzana lux disse...

E sendo a nossa casa o unico espaço onde a familia se reune diariamente para aprender, ensinar, partilhar, sorrir, chorar, AMAR e etc...

Que bom tê-la (mesmo em obras que custa tanto):)))))))))

Beijinhos ao lar...

Patti disse...

Por aqui, dizemos sempre nos vários regressos a casa, que é tão bom estar de volta.
Eu adoro a minha casa, tem muito de mim e de nós todos e são essas coisas que nos fazem sentir bem, seja qual for a casa onde escolhemos viver.

ines disse...

pois por aqui, é melhor estar bem caladinha! Vivo na casa dos meus pais, por aqui já passaram mais seis iguais a mim (eheheheheh... mas por isso mesmo é que sinto tão bem!

Uma grande beijoca família sorriso do Porto

paulofski disse...

n.d.r.: a casinha amarela não é minha (quem dera fosse)! Vivo como muita gente, nas alturas, a 30 metros do chão. Num lar seguro.

mjf
No meu caso pessoal é um porto, um porto sentido.
Beijocas

Ka
Pois sei. Descrevo-a como a sinto.
Beijinhos

Susana
A renovação custa mas reabilita, valoriza.
Beijinhos


Patti
Diz-se que a nossa casa é o nosso espelho, não é?
Beijinhos.

Ines
A casa dos pais é sempre a casa. A emancipação paternal não deve ser um adeus mas sim um até já. Sempre esteve lá para nos receber.
Beijiho

joana disse...

A nossa casa é sempre a nossa casa,e quando vivemos com as pessoas que amamos é a melhor casa do mundo a minha.
Beijinhos e uma boa semana

LeniB disse...

Gosto muito da minha rica casinha...mas as contas que ela me apresenta mensalmente, nem por isso!!
bjs

Carla Sofia disse...

Boa noite. Pela minha casa faço muitos sacrifícios, mas é o meu lugar encantado.
Grata pela visita
beijo
:)