terça-feira, setembro 23

buuuuuuuuu...

Partilhar

..."De que serve ter o mapa
Se o fim está traçado,
De que serve a terra à vista
Se o barco está parado,
De que serve ter a chave
Se a porta está aberta,
De que servem as palavras
Se a casa está deserta? "...

Pedro Abrunhosa in "Quem me leva os meus fantasmas"


Todos temos os nossos fantasminhas. E cada um finta os seus. Dos poucos que me acompanham aquele que mais me atormenta até tem um nome feio... chama-se arrependimento. Há coisas em que dou um berro e consigo assustá-las... são pequenos demónios, de resto, mas há outras que já não têm remédio... não as posso enxotar? O arrependimento agarra-se-me às pernas como visco... como posso eu resolver o que já não tem solução? Ignorar? Ou dar mais forças ao destino? Se eu soubesse o destino!!!

Quem me leva os meus fantasmas? Sim, sim... há certamente algo que vai levar os meus fantasmas, seguramente... um dia isso será certo. Espero que daqui a muitos e muitos anos...

buuuuuuuuu...


7 comentários:

Patti disse...

É difícil de gerir esse tal de arrependimento, mesmo que muito pequeno. Se já não houver nada a fazer a solução passará talvez por aprender com ele, aliás como devemos fazer com todas as nossas falhas.

E já que falas nisso, se há coisa que não me convence mesmo nada, é quando alguém diz: não me arrependo de nada do que fiz na vida.

Acho arrogante e pretensioso. Todos falhamos algum dia em alguma coisa, mesmo que sem querer.

Ka disse...

lá, ó faxabôre...


Ao que chamas arrependimento eu chamo remorso e acho que é a factura que me é passada pelo erro/falta cometida.
O que fazer com ele? Tentar aprender e depois conseguir relevar e seguir em frente (coisa mais difícil esta última)


Beijinhos sem remorso :P

liamaral disse...

Acho que cada um tem que tratar de afastar os seus fantasmas! De outra forma, viveremos sempre rodeados deles!
:) Beijinho

paulofski disse...

Patti,
Cada qual guarda para si as suas fraquezas. Partilha-as com quem quer, procura soluções, aceita conselhos. Estes fantasmas são fruto de ressentimentos de em determinadas alturas da minha vida
não ter tomado a decisão mais correcta, e assim deixar que me persiga como se fosse uma sombra.

Beijinhos.

Ka,
Sentimento de culpa ou desculpa? É de culpa, e é comigo mesmo.

Beijinhos.

Lili,
Alguns são mesmo difíceis de "caçar", no entanto há formas de lhes dar a volta para os deixar à deriva, nas curvas da vida.
Beijinhos.

ines disse...

Eu levava, mas tenho tantos, tantos, tantos... quando não os consegues combater, aprende a viver com eles!

Um beijo muito grande para vocês

Safira disse...

Às vezes o melhor que há a fazer é aprender-se a perdoar-nos a nós mesmos,pela incapacidade de fazermos o melhor por nós e por outrém. E levar o melhor possível.

Ouço dizer que um colar de alhos funciona para afugentar vampiros; talvez um de cebolas para os fantasmas? ;)
Beijinhos e corações ao alto! que lá diz o ditado: o que não tem remédio, remediado está. Arrependimentos? São perda de tempo a não ser que sirvam para não voltarmos a passar por eles.

FM disse...

Buuu (risos)
Abraço... "Bem Vivo".